grande oferta

adquira, ainda hoje, um bom disco de jazz.

não falo da efemeridade publicitária, falo da urgência poética. espere a noite para ouvi-lo. entardeça também as luzes da casa. o jazz fala baixo, escute quem estiver atento. é fundamental um abajur: o ambiente toma um aspecto mais franco, pois sempre há coisas a serem descobertas e nem tudo precisa ser visto. brinque de tempo numa rede, indo e indo, nunca voltando. é sempre bom ver o céu. torça por estrelas, mas imensas nuvens laranjas e caladas também vêm a calhar. dance e beba um pouco, não necessariamente nessa mesma ordem. seja. esteja.

hoje.

ps1: aprenda a adormecer. é como apaixonar-se.
ps2: um bom livro é opcional.
ps3: sugere-se vinho, uísque ou gin.

4 comentários:

  1. afff... como eu adoro dormir... :)

    ResponderExcluir
  2. Grande oferta!
    Fechei os olhos e pude sentir, poeta.
    Que surpresa boa te achar!
    Um grande beijo, meu querido Sapo,

    Mari

    ResponderExcluir